terça-feira, 10 de maio de 2011

Era uma vez um amor. Era uma vez outro amor.
Dois amores em um só. Só dois amores.
Um é certeza, o outro contradição. Um nunca tem culpa pelas brigas, o outro sempre tem. Um é o oposto do outro, o outro é diferente de qualquer um. Um xinga quando está com raiva, já o outro faz biquinho. Um fala, o outro escuta. Um machuca, o outro chora. Um explica, o outro não entende. Um canta, o outro encanta. Um é realista, o outro sonhador. Um diz que é pra sempre, o outro fala que é eterno. Um é teimoso, o outro manhoso. Um ama blues, o outro jazz. Um adora a cor roxa, o outro também. Um pira quando escuta "realize", o outro quando escuta " brighter than sunshine". Um adora chimarrão, o outro odeia. Um é marrento, o outro mais ainda. Um tem tatuagem, o outro também tem. Um arrisca pés e mãos, o outro nem tanto. Um é fofo, já o outro... O outro tenta ser. Um diz:" Eu te amo", o outro responde:" Eu também". Um completa o outro, o outro completa um. Um se declara, o outro não percebe. Um diz que precisa, o outro diz que satisfaz. Um discute, o outro briga. Um liga, o outro recusa. Um insiste, o outro atende. Um chora, o outro consola. Um chora, o outro também chora. Um diz:" Eu TE quero pra sempre ao meu lado", o outro responde:" Eu ME quero pra sempre do seu lado". Um pede pra voltar, o outro pensa. Um desiste, o outro se arrepende. Um desabafa as mágoas no violão, o outro nas palavras...
Ismara Alice

2 comentários:

  1. É tão complicado amar alguém diferente de nós...mas isso acontece constantemente comigo...
    bjs flor!

    ResponderExcluir